Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Basf anuncia investimento de mais de R$ 1 bi em complexo na Bahia

Texto: Redação AECweb

Complexo, em Camaçari, será para a produção de ácido acrílico. Construção iniciará em 2011 e as atividades devem começar em 2014

19 de agosto de 2011 - A Basf anunciou nesta sexta-feira (18) um investimento superior a 500 milhões de euros, mais de R$ 1 bilhão, em um complexo produtivo de escala global em Camaçari, na Bahia.

O objetivo é a produção de ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP). Será a primeira fábrica de ácido acrílico e superabsorventes da América do Sul, diz a empresa.

De acordo com a Basf, é o maior aporte ao longo de sua história de 100 anos da empresa na América do Sul.

A construção do novo complexo de ácido acrílico começará em 2011, gerando cerca de 1.000 empregos durante a construção, diz a Basf. O início das atividades produtivas está previsto para o quarto trimestre de 2014, gerando 230 empregos diretos e 600 indiretos.

Com o novo complexo de ácido acrílico, a Basf diz que assegurará o fornecimento de matéria-prima para produtos como fraldas, químicos para construção, resinas acrílicas para tintas, tecidos e adesivos.

“Esperamos que o investimento traga um impacto muito positivo para a balança comercial do país de cerca de US$ 300 milhões ao ano, sendo US$ 200 milhões por meio da redução de importações e US$ 100 milhões em função do aumento das exportações”, diz, em nota, Alfred Hackenberger, presidente da Basf para a América do Sul

Nova produção em Guaratinguetá

A Basf disse, ainda, que passará a produzir acrilato de 2-etil-hexila, matéria-prima para as indústrias de adesivos e tintas especiais, no atual complexo químico de Guaratinguetá, São Paulo. Será a primeira fábrica do produto na América do Sul.

A produção de acrilato de 2-etil-hexila em Guaratinguetá está planejada para iniciar em 2015, com base no ácido acrílico produzido em Camaçari.

Fonte: G1

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: