Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Caixa anuncia 13.562 contratos de habitação

Texto: Redação AECweb

O investimento total, distribuído em 35 empreendimentos residenciais, é superior a R$ 550 milhões em 23 municípios pernambucanos.

30 de dezembro de 2010 - Vinte e três municípios pernambucanos fecharam 2010 com chave de ouro no quesito moradia. A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou, ontem, na presença de prefeitos, autoridades municipais, construtoras e órgãos ligados ao setor da construção civil, a contratação de 13.562 novas unidades habitacionais amparadas pelo programa Minha casa, minha vida, do governo federal, que vão beneficiar 42 mil pessoas.

O investimento total, distribuído em 35 empreendimentos residenciais, é superior a R$ 550 milhões. Do total das novas moradias, foram formalizados contratos para construção de 11.986 habitações em 19 cidades da Mata Sul do estado, atingidas pelas enchentes de junho. Somente nesses municípios, o montante investido é de R$ 489,9 milhões. Os demais, 1.576 imóveis, serão erguidos em outros quatro municípios, no Sertão e Agreste, sendo injetados R$ 60,5 milhões nos projetos.

As cidades de Barreiros, Água Preta e Catende (as mais atingidas pelas chuvas de seis meses atrás) foram contempladas com a contratação de 3.743, 2.159 e 1.032 casas, respectivamente, em oito empreendimentos. Todas as unidades residenciais serão destinadas a famílias com renda mensal de até três salários mínimos e os recursos são provenientes do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Além delas, a CEF assinou contratos de construção de casas em Altinho (273), Barra de Guabiraba (181), Belém de Maria (398), Bezerros (240), Caetés (398), Correntes (727), Escada (42), Gameleira (315), Joaquim Nabuco (205), Jurema (1.008), Nazaré da Mata (60), Primavera (226), São Benedito do Sul (284), Sirinhaém (280), Vicência (115) e Xexéu (300). No Interior, os contratos foram destinados a Araripina (500 casas), Ouricuri (500), Limoeiro (320) e Surubim (256). Segundo a superintendência regional da CEF no Recife, os novos imóveis terão, em média, 55 metros quadrados de área física com sala, dois ou três quartos, cozinha, banheiro social e área de serviço.

De acordo com as construtoras envolvidas na assinatura dos contratos (sete no total, incluíndo dois consórcios) a previsão é de que os imóveis sejam entregues às famílias beneficiadas até 2012. Durante a solenidade, a Caixa também realizou o sorteio de 510 casas dentro do Minha casa, minha vida nos conjuntos residencias Vitória (Vitória de Santo Antão) e Vila Esperança (Petrolina). O investimento total nos dois empreendimentos, segundo a CEF, foi de R$ 25 milhões. Os contratos serão formalizados em até 30 dias e cada família contemplada assumirá parcelas de 10% da renda familiar durante um período de dez anos.

Fonte: Diário de Pernambuco - PE
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: