Caixa anuncia novas linhas de financiamento para construção civil

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Estatal irá disponibilizar duas linhas de crédito: uma com correção pelo CDI e a outra pela inflação oficial do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)

Banco também reduziu, em cerca de 30%, as taxas de juros para financiamentos imobiliários concedidos a pessoas jurídicas (Créditos: casadaphoto/ Shutterstock)

14/02/2020 | 12:24 - A Caixa Econômica Federal reduziu, em cerca de 30%, as taxas de juros para financiamentos imobiliários concedidos a pessoas jurídicas. Os juros passaram de TR mais 9,25% ao ano para TR mais 6,5% ao ano para empresas com conta no banco, e no caso de companhias sem vínculo com a estatal, as taxas caíram de TR mais 13,25% ao ano para TR mais 11,75% ao ano. As novas condições passam a ter validade a partir da próxima segunda-feira (17/02).

Também foram anunciadas duas linhas de crédito para o setor da construção civil: uma com correção pelo certificado de depósito interbancário (CDI) e a outra pela inflação oficial do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo a Caixa, os dois tipos de financiamento valerão para duas modalidades. A primeira é Apoio à Produção, que financia a aquisição e a construção de imóveis na planta. A segunda é Plano Empresa da Construção Civil, conhecida como Plano Empresário, que permite o financiamento para pessoas físicas quando 80% do empreendimento estiver construído.

Quanto às linhas indexadas pela inflação, as taxas variarão de IPCA mais 3,79% ao ano para IPCA mais 7,8% ao ano. O crédito corrigido pelo CDI terá duas modalidades de cobrança: uma com taxas que passam de CDI mais 1,48% ao ano a CDI mais 5,4% ao ano, e outra entre 119% a 194% do CDI.

As linhas de crédito imobiliário para pessoas jurídicas, da Caixa, dão prazo de até 36 meses para construção e retorno. As parcelas podem começar a serem pagas pelo tomados em até 12 meses após a assinatura do contrato.