Caixa aplica R$ 8,51 bi em habitação no 1º bimestre

Texto: Redação AECweb

Número de contratos assinados no País saltou 108% na comparação com o primeiro bimestre de 2009

09 de março de 2010 - A Caixa Econômica Federal aplicou R$ 8,51 bilhões em habitação nos primeiros dois meses do ano, considerando todas as fontes de recursos. A performance representa avanço de 108% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram aplicados R$ 4,10 bilhões.

No período, o número de contratos assinados no País saltou 108% na comparação com o primeiro bimestre de 2009, para 143.035 contratos. O resultado, acrescenta a instituição em comunicado, já se equipara a toda a contratação realizada no ano de 2005.

Do valor realizado, R$ 5,57 bilhões foram contratados em financiamentos para aquisição ou construção de imóveis individuais e R$ 2,94 bilhões foram aportados para a produção de imóveis.

No Brasil, até 26 de fevereiro, a Caixa recebeu 3.470 propostas de empreendimentos, com 712.556 unidades habitacionais enquadráveis no programa Minha Casa Minha Vida. Destas, 327.090 já foram contratadas.

No Estado foram 727 propostas, com 133.707 unidades, das quais 66.867 unidades já foram contratadas, sendo 21.820 na região metropolitana e 45.047 no Interior e Baixada Santista. Ao todo, foram financiados 34.766 imóveis neste bimestre, com R$ 2,6 bilhões. As linhas de crédito com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) alcançaram mais de R$ 1,2 bilhão, com 10.989 financiamentos.

Para os créditos habitacionais com recursos da poupança (SBPE), o volume foi de R$ 1,45 bilhões no Estado. A quantidade de unidades habitacionais financiadas pela modalidade chegou a 17.058. Outras 6.719 moradias foram financiadas com recursos do FAR.

Fonte: Jornal do Commercio