Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Caixa atingiu 80 bilhões em crédito imobiliário em 2011

Texto: Redação AECweb

Anúncio foi feito durante discurso aos empregados da Caixa, em Brasília

13 de janeiro de 2012 - O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, anunciou nesta quinta-feira (12) que em 2011 o banco atingiu R$ 80 bilhões em crédito imobiliário. O anúncio foi feito durante discurso aos empregados da Caixa, em Brasília, no evento que comemorou 151 anos de sua criação. Segundo o presidente Hereda, o grande responsável por esse resultado foi o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV).

“Em 2003, a Caixa realizou em torno de R$ 5 bi em crédito habitacional. No ano passado esse resultado ultrapassou os R$ 80 bilhões, a maior contratação da Caixa nos seus 151 anos”, afirmou Hereda.  O PMCMV contratou, desde o seu lançamento até o final do ano passado, 1.462.133 unidades habitacionais, com investimento total de R$ 87 bi.

No evento, o presidente Jorge Hereda citou outros grandes números alcançados pela Caixa em 2011. Entre eles, o recorde na concessão de crédito total que alcançou R$ 230 bilhões e o também recorde na captação de poupança, que chegou a R$ 150 bilhões em depósitos. O pagamento do Bolsa Família também atingiu um patamar histórico com 13,3 mihões de famílias atendidas. Só para micro, medias e grandes empresas os créditos chegaram a R$ 65, bilhões.

“A Caixa completa hoje 151 anos, um marco que seria razão de orgulho para qualquer empresa no mundo. Mas no caso da Caixa existem muito mais motivos para que comemoremos essa data. Ao longo do último ano, nossa empresa bateu recordes na concessão de crédito, no saldo de poupança, fortaleceu sua participação no mercado, atuou no desenvolvimento dos programas Minha Casa Minha Vida e PAC2, e contribuiu com a meta do Governo Federal de vivermos em um país sem pobreza. E coroando esse ano histórico, agora em janeiro  a Caixa foi apontada pela imprensa especializada internacional como o Maior Banco Público da América Latina”, comemorou Hereda.

Fonte: Investimento e Notícias

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: