Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Caixa reduz para 60 mil unidades meta de 2018 do MCMV Faixa 1,5

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Informação foi dada pelo vice-presidente de Habitação do banco, Paulo Antunes, durante reunião promovida pelo CBIC para acompanhamento do Programa Minha Casa, Minha Vida


A entidade suspendeu, ainda, a contratação das operações de pessoas físicas, com exceção daquelas que já tramitam em fase de conformidade (Créditos: divulgação/ Governo Federal)

13/11/2018 | 10:24 - Durante uma reunião de acompanhamento do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) realizada na sede da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em Brasília, o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes, apresentou um quadro de contratações em 2018 e orçamento para 2018/2019 do banco, além de novas medidas para o crédito imobiliário com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

No âmbito dos imóveis na Faixa 1,5 do MCMV, Antunes explicou que a meta foi reduzida de 70 mil unidades habitacionais para 60 mil e que a entidade suspendeu a contratação das operações de pessoas físicas, com exceção daquelas que já tramitam, em fase de conformidade. Também foram suspensas as contratações de operações de concessão de crédito à produção de empreendimentos imobiliários, com e sem financiamento à pessoa jurídica.

O vice-presidente também informou a suspensão das contratações de crédito oriundos do FGTS (com e sem financiamento à pessoa jurídica e PEC), e detalhou as alterações que serão feitas nos valores dos recortes territoriais, com diminuição de grupos de municípios.

(Com informações do CBIC)

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: