Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Câmara aprova MP que dispensa licitações de obras durante pandemia

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

A medida também estabelece que o fechamento de portos, aeroportos e rodovias, durante a pandemia, está condicionado à recomendação técnica e fundamentada da Anvisa

Segundo o texto, empresas proibidas de participar de licitações, devido a irregularidades, poderão ser contratadas, caso sejam as únicas fornecedoras de determinado bem ou serviço (Créditos: Sergii Gnatiuk/ Shutterstock)

16/07/2020 | 14:00 - A Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória (MP) 926/20, que flexibiliza as regras de licitações e outras formalidades para obras e aquisição de bens e serviços, inclusive de engenharia, durante a pandemia do novo coronavírus.

A medida também estabelece que o fechamento de portos, aeroportos e rodovias, durante a pandemia, está condicionado à recomendação técnica e fundamentada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Segundo o texto, empresas proibidas de participar de licitações, devido a irregularidades, poderão ser contratadas, caso sejam as únicas fornecedoras de determinado bem ou serviço. A compra de equipamentos usados será permitida desde que haja garantia do fornecedor.

O texto também dispensa a elaboração de estudos preliminares para compra de bens e contratação de serviços comuns. A autoridade poderá dispensar a pesquisa de preços e autorizar a compra por um valor maior do que o estimado, conforme as oscilações do mercado. No caso de compras mais elaboradas, deverá ser feito projeto básico simplificado.

Pregões terão os prazos reduzidos pela metade, sem a necessidade da realização de audiência pública. O prazo de duração dos contratos será de até seis meses, com possibilidade de prorrogação por períodos sucessivos (enquanto estiverem mantidas as medidas para enfrentar a pandemia de coronavírus). A renovação poderá ser mediante acréscimo de até 50% do valor inicial.

A medida também amplia, para até R$ R$ 330 mil, o limite de gastos com cartão corporativo para serviços de engenharia, e para até R$ 176 mil o limite para compras em geral.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: