Campinas vê crescimento na construção civil

Texto: Redação AECweb

Aumento no volume de contratação de trabalhadores significou no crescimento de 1.582 vagas no setor durante 2009

23 de fevereiro de 2010 - Confirmando o bom desempenho do setor da construção civil na cidade de Campinas, o ano de 2009 fechou com um resultado surpreendente e um aumento de 11,77% no volume de contratação de trabalhadores.

Isso significou um crescimento de 1.582 novas vagas no setor durante o ano e um estoque de mais de 15 mil funcionários com carteira assinada, conforme o Sindicato da Indústria da Construção Civil de Grandes Estruturas do Estado de São Paulo (Sinduscon).

O melhor mês do ano para as empresas foi julho, com contratação de 671 trabalhadores, aumento de 4,72% em relação ao estoque do mês anterior. Apesar da boa notícia no resultado anual, o mês de dezembro viu redução no número de vagas, sendo que 214 trabalhadores do setor perderam o emprego, uma redução de 1,4% em relação a novembro.

A situação não foi exclusiva para Campinas e houve um movimento de demissões em todo o Estado, que reduziu 1,34% o número de trabalhadores com carteira assinada. No Brasil, o efeito sazonal foi responsável pela demissão de 2,28% dos funcionários de canteiros de obras.

Em comparação a 2008 houve uma queda na velocidade de geração de empregos. No ano anterior o setor fechou com aumento de 12,69% no número de vagas geradas em relação a 2007. Em relação ao Estado de São Paulo, Campinas, com estoque de mais de 65 mil trabalhadores em atividade, viu crescimento de 9,55%.

Fonte: DCI-SP