Canoas mostra potencial de investimento imobiliário

Texto: Redação AECweb

Moradores de cidades vizinhas migram para a cidade canoense em busca de alternativas de segurança e infraestrutura

16 de novembro de 2010 - A procura pela moradia na cidade de Canoas cresce e é perceptível para a equipe de vendas da Auxiliadora Predial na cidade. A segurança e a infraestrutura que os novos empreendimentos dispõem refletem em um estilo de vida desejável, que potencializa a região e o mercado imobiliário local.

A troca de residência é o que motiva a maior parte dos contratos na Agência Canoas da Auxiliadora Predial. César Borges, franqueado e gerente da unidade, percebe na rotina dos negócios que algumas pessoas, inclusive, estão migrando para a região, vindas da capital e de outros municípios vizinhos. Ele afirma que os negócios contemplam uma avaliação positiva  da infraestrutura que acidade oferece. Entre os pontos, cita os supermercados de alta qualidade, três universidades, colégios e shopping. "O nosso comércio é completo e, com isso, promove o setor imobiliário", diz.

A cidade de Canoas tem o segundo maior PIB (Produto Interno Bruto) do Rio Grande do Sul e ainda apresenta um forte potencial de desenvolvimento para a construção civil. Investidores que vislumbram negócios já para a Copa do Mundo de 2014 são exemplos. "Temos mercado para receber uma dezena de bons hotéis tanto pela proximidade da capital e do aeroporto como pela posição privilegiada em relação ao Vale dos Sinos", mostra César.

O mercado local goza de uma variada oferta de imóveis, principalmente pelo estímulo do Governo Federal, no Programa Minha Casa, Minha Vida. O público é diversificado e acompanha o crescimento do setor em todo o Brasil, usufruindo as facilidades de acesso ao crédito imobiliário e fazendo crescer a região.

César Borges explica que há uma diversidade de novos empreendimentos sendo lançados em Canoas. "A construção e, em seguida, o crescimento urbano vêm acontecendo em um ritmo acelerado nos últimos anos, contemplando o público de baixa renda e o de maior poder aquisitivo". Esse crescimento, aponta o gestor, é percebido em todos os bairros, sendo os imóveis mais vendidos as casas em condomínio fechado recém-lançadas, de até R$ 500 mil.

A segurança e a infraestrutura disponíveis nos condomínios fechados estão atraindo moradores locais e de cidades vizinhas e isso, de acordo com a experiência de César, é uma excelente aposta aos investidores. "Além da demanda já existente nessas construções, Canoas tem a promessa de ser beneficiada nos próximos anos pela construção de duas novas estradas, a Rodovia do Parque e a RS-010, que serão paralelas à BR-116", completa.

César comenta que o setor imobiliário vivencia um boom, especialmente no Brasil, nos últimos dois anos, e Canoas está perfeitamente alinhada com as potencialidades do mercado nacional. As expectativas dos profissionais da área são positivas, prospectando um cenário ainda mais favorável para quem investe, para quem compra e para quem vende.

Fonte: SEGS.com.br - SP