Capital mineira receberá R$ 177 milhões para obras de mobilidade

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Convênio entre o governo do Estado e Prefeitura foi assinado ontem

20 de março de 2013 - As já prometidas obras de infraestrutura que serão realizadas em Belo Horizonte nos próximos dois anos vão demandar aportes da ordem de R$ 177 milhões. O convênio entre o governo do Estado e a Prefeitura foi assinado, ontem, no Palácio Tiradentes, pelo governador Antonio Anastasia e o prefeito Marcio Lacerda. A determinação é que os projetos incluem desde a construção de viadutos até a adequação de espaços públicos para motivação de manifestações culturais na Capital.

Uma das obras que entraram no pacote assinado ontem foi a implantação de um trecho do Boulevard Arrudas, na avenida dos Andradas, entre a Alameda Ezequiel Dias e o Centro de Especialidades Médicas, no bairro Santa Efigênia. Serão investidos R$ 80 milhões e a previsão é a de que as obras tenham início em julho de 2013. Espera-se que a conclusão seja até dezembro de 2014.

No Vetor Norte serão construídos dois viadutos no cruzamento entre as avenidas Cristiano Machado e Waldomiro Lobo, com o objetivo de desafogar o trânsito na região. Serão necessários aportes da ordem de R$ 30 milhões para as obras que deverão ser iniciadas em setembro deste ano e concluídas em outubro de 2014.

Outra intervenção no trânsito, com gastos de R$ 35 milhões, será a construção de uma ponte sobre o córrego do Onça, dando novo acesso ao bairro Ribeiro de Abreu. Além disso, serão construídos diques para a contenção de terra e a construção de uma pista de caminhada. A obra será iniciada em setembro deste ano e concluída em dois anos.

A avenida Cristiano Machado receberá uma interseção com a Via 710 até outubro de 2014. Para isso, o Estado irá aportar R$ 10,8 milhões e a Prefeitura de Belo Horizonte, R$ 1,2 milhão para somar os R$ 12 milhões necessários para o projeto. O objetivo das obras é solucionar a retenção na avenida e prepará-la para receber a Via 710, que será um corredor viário de alta capacidade, sem passar pelo centro, que deverá ficar pronto no segundo semestre de 2014.

Cultura - Além das obras para a melhoria no trânsito, foram anunciados também aportes para construção de espaços que vão abrigar manifestações artísticas. Um deles é o Espaço Multiuso do Parque Municipal Américo Renné Gianetti. Serão investidos R$ 15 milhões, sendo R$ 13,5 milhões dos cofres do Estado e R$ 1,5 milhão da prefeitura.

O prédio terá 3,2 mil metros quadrados de área construída, com palco para shows e apresentações teatrais, auditório para 250 pessoas, salas para cursos, biblioteca com acervo do Parque Municipal e um terraço descoberto. O espaço terá capacidade para receber 3 mil pessoas e tem como previsão para ficar pronto setembro de 2014.

O viaduto Santa Tereza também será revitalizado, com o objetivo de transformá-lo em um circuito de esportes radicais. A obra, que deverá terminar em julho de 2014, inclui a recuperação da estrutura do viaduto e do revestimento original. Sob o viaduto serão instalados equipamentos públicos destinados à prática de esportes. Para isso, será necessário um investimento de R$ 5 milhões, sendo R$ 4,5 milhões do governo do Estado e o restante da prefeitura.

O governador Antonio Anastasia, ressaltou que outras intervenções podem ser anunciadas em breve. Para ele, as obras são necessárias não só por causa da proximidade da Copa do Mundo, mas, também, pelo fato de a Capital ser o que ele chama de "grande motor econômico do Estado".

Fonte: Sinaenco