Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Casa própria sem SPC e Serasa

Texto: Redação AECweb

Projeto ajudará quem está incluído no “Minha casa, Minha Vida” e que precisará assinar contratos de compra de imóveis

04 de novembro de 2009 - Ficou pronto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal o projeto do senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), que desconsidera a situação cadastral em instituições de proteção ao crédito (Serasa e SPC) das famílias com renda per capita de um salário mínimo na análise do crédito habitacional.

O projeto vai ajudar quem está incluído no projeto Minha casa, minha vida e que, em breve, vai precisar assinar os contratos de compra dos imóveis financiados pelo governo federal e altamente subsidiados. Além do mais, o imóvel é financiado sob hipoteca, de forma que o credor já estará suficientemente protegido contra possíveis inadimplências. E tem o caso de gente que teve o nome incluído nos serviços de proteção com dívidas feitas para terceiros e em pequenos valores, mas cujos juros tornam a dívida impagável.

A proposta do senador de certa forma antecipa-se a situação de milhares de famílias cujo titular está com o nome sujo. E ía mesmo ficar complicado criar um programa que praticamente doa a casa, e exigir do mutuário ficha impecável. Certo, o banco deve restringir o crédito imobiliário para quem não pagou uma dívida e foi parar nos serviços de crédito, mas o projeto abre a porta para uma discussão sobre o prejuízo que essas listas causam ao freguês. Gente que acaba impedido de não só comprar, mas até de arranjar emprego até que se livre desse cadastro. Afinal cada caso é um caso e assim deve ser visto.

Fonte: Jornal do Commercio - PE

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: