Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

CDHU impulsiona programa responsável pela qualidade das obras

Texto: Redação AECweb

Criado em 1996 pelo então governador Mário Covas, o Comitê de Qualidade Habitacional, QUALIHAB, vive momento de expansão e aperfeiçoamento

20 de maio de 2009 - A busca pela qualidade das moradias de Interesse Social no estado de São Paulo é uma das prioridades do secretário de Estado da Habitação e presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Lair Krähenbühl.

Hoje, a qualidade dos novos imóveis da CDHU é reconhecida por especialistas, entidades ligadas à construção civil e principalmente por seus clientes: a população. Em pouco mais de dois anos, os empreendimentos da CDHU se tornaram modelos de habitações populares em todo o país.

Este salto de qualidade só foi possível graças à revitalização do programa Qualihab. Criado em 1996 pelo então governador Mário Covas, o programa qualifica, por meio de certificadoras independentes, os materiais e serviços que serão usados nas obras da Companhia em todo o estado.

As associações representativas de cada setor produtivo elaboram Programas Setoriais de Qualidades (PSQs) e os submetem à análise dos técnicos da CDHU. Os materiais e serviços são verificados pelas certificadoras e os que estiverem cumprindo as normas são aprovados.

Hoje, a Companhia possui 41 acordos setoriais com PSQs em diferentes estágios, entre concluídos, em elaboração ou em revisão.

Os itens aprovados são informados ao QUALIHAB e passam a fazer parte da lista de insumos aptos a serem usados nas obras. A lista completa dos materiais certificados está disponível no site da CDHU.

Aqueles fornecedores que não pertencem a uma associação de classe devem apresentar documentação comprovando o atendimento à respectiva norma técnica determinada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Em seu primeiro ano como presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, instituiu dentro do Qualihab, a Comissão de Avaliação de Materiais, Componentes e Sistemas Construtivos (CAMCS), para estimular a qualificação de materiais inovadores e sistemas construtivos industrializados, inéditos em obras públicas.

A qualidade é levada tão a sério pela CDHU que a Companhia firmou um contrato com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), ligado à USP, uma das mais respeitadas entidades de ensaios e análises de materiais, para ter assessoria na avaliação dos insumos utilizados nas obras.

Todos os documentos apresentados pelos fornecedores passam pelo IPT e são homologados pela Comissão. No final do processo eles recebem um termo de referência de qualidade, emitido pela Diretoria Técnica da CDHU.

Desde sua criação, em agosto de 2007, a CAMCS recebeu 25 pedidos de qualificação. Destes, foram aprovadas três solicitações para materiais e cinco para sistemas onstrutivos. O restante dos pedidos continuam em processo de avaliação ou não oferecem as condições necessárias para a sua qualificação.

O objetivo da CDHU é promover cada vez mais a qualidade em suas obras para oferecer conforto e bem estar aos seus milhares de mutuários espalhados por todo o estado de São Paulo.

Fonte: Maxpress Net - SP
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: