Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Começa limpeza de trecho demolido da Perimetral no Rio de Janeiro

Texto: Redação PE

A Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro) levará pelo menos 90 dias para retirar os escombros e limpar toda a área do Elevado da Perimetral que foi implodida neste domingo (24), na zona portuária da capital fluminense. Nesta segunda-feira (25), garis começaram a varrer as ruas do entorno.

Já o trabalho de remoção do entulho terá início na madrugada desta terça-feira (26) no trecho entra as ruas Professor Pereira Reis e Silvino Montenegro, na avenida Rodrigues Alves. De acordo com a Cdurp (Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio), a limpeza será feita sempre durante as madrugadas, já que o trânsito na região é problemático em razão das diversas interdições provocadas pelo projeto de revitalização da zona portuária.

A Comlurb utilizará 47 garis, quatro caminhões pipa, dois caminhões basculantes, além de varredeiras mecânicas e outros equipamentos.

Demolição

Para detonar o trecho entra as ruas Professor Pereira Reis e Silvino Montenegro, cuja extensão é de 1.050 metros, os engenheiros utilizaram 1.200 kg de explosivos e o processo demorou cinco segundos. A prefeitura utilizou 2.500 "colchões" de pneus e areia para absorver o impacto, segundo informações da Cdurp.

Além disso, com a função de evitar a dispersão de fragmentos, uma tela de proteção de 215.340 m² foi instalada no trecho demolido. Para a colocação dos explosivos, foram perfurados cerca de 2.500 buracos nos pilares do viaduto.

Em entrevista coletiva logo após a implosão, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, comemorou o sucesso da empreitada. "Aconteceu tudo dentro do esperado, é um dia muito importante na história da cidade. A gente reencontra o centro e a região portuária. A Perimetral representava o maior símbolo desse abandono. Ainda temos muito a fazer. Aqui novas implosões e desmontes virão. A gente superou o primeiro grande desafio", disse.

Paes explicou também que os demais trechos da Perimetral que ainda estão de pé serão derrubados em duas etapas: novas implosões e remoção manual. O prefeito, porém, não quis revelar o cronograma, e disse que as datas vão ser discutidas em uma reunião marcada para esta semana. Segundo o planejamento da prefeitura, a ideia é concluir todas as obras de revitalização da região portuária até 2016.

Fonte: Uol
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: