Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Comércio de máquinas e equipamentos cresce 18% em fevereiro

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

No acumulado de 2021, as vendas cresceram 27,4% frente ao primeiro bimestre do ano passado. Setor tem apresentado tendência de crescimento desde abril de 2020

No que diz respeito ao mercado externo, o setor exportou, em fevereiro, US$ 599,5 milhões em equipamentos, montante 24,3% inferior ao registrado no mesmo período de 2020 (Créditos: Maksim Safaniuk/ Shutterstock)

06/04/2021 | 17:13 - Conforme dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), as vendas de máquinas e equipamentos totalizaram em fevereiro R$ 13,8 bilhões, valor 18% superior ao registrado no mesmo mês de 2020. No acumulado de 2021, as vendas cresceram 27,4% frente ao primeiro bimestre do ano passado.

Segundo o presidente executivo da Abimaq, José Velloso, desde abril de 2020, a indústria de máquinas tem apresentado uma tendência constante de crescimento. Apesar disso, a expansão acontece a partir de um patamar baixo. “Nós ainda estamos 22% abaixo do que era a média de 2010 a 2013”, compara. “Nos últimos cinco anos a taxa de investimento no Brasil é muito pequena”, acrescenta.

No que diz respeito ao mercado externo, o setor exportou, em fevereiro, US$ 599,5 milhões em equipamentos, montante 24,3% inferior ao registrado no mesmo período de 2020. Para José Velloso, as exportações estão prejudicadas pelo desarranjo provocado pela pandemia, que reduziu as rotas de comércio e tem dificultado até a distribuição de contêineres.

Com relação ao número de postos de trabalho, na indústria de bens de capital, houve crescimento de 10,6% em fevereiro frente ao mesmo mês do ano passado, com 337,7 mil pessoas empregadas.

Para 2021, a previsão da Abimaq é de que o setor de bens de capital registre uma alta de 13%. Esse crescimento deve ser puxado por setores que têm apresentado grande atividade nos últimos meses, como o de infraestrutura, saneamento básico e energia

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: