Comitê Brasileiro da Construção Civil analisará sugestões à norma de reforma

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Objetivo da nova norma técnica é disciplinar o mercado para gerenciar as ações necessárias antes, durante e depois da reforma de edificações

17 de janeiro de 2014 - O CB-02 (Comitê Brasileiro da Construção Civil) da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) convida os representantes de empresas associadas do SindusCon-SP para uma reunião de análise das sugestões ao Projeto de Norma Reforma em Edificações – Sistema de Gestão de Reformas – Requisitos (PN 02:124.17-001) que acontecerá em 28 de janeiro, das 10h às 13h, no auditório do SindusCon-SP, à rua Dona Veridiana, 55.

Segundo a Comissão de Estudo de Reformas em Edificações (CE 02:124.17), coordenada pelo engenheiro Ricardo Pina, membro do Comitê de Meio Ambiente do SindusCon-SP, o objetivo da nova norma técnica é disciplinar o mercado para gerenciar as ações necessárias antes, durante e depois da reforma de edificações. O documento é considerado pioneiro – não há no Brasil uma norma que estabelecesse requisitos de sistemas de gestão no controle de processos, projetos, execução e segurança nesse tipo de obra.

A Comissão de Estudo responsável pelo projeto foi criada a partir de uma iniciativa do SindusCon-SP.

O projeto ainda oferece orientações para prevenções de várias fases de uma edificação, como a perda de desempenho decorrente das ações de intervenção; planejamento, projetos e análises técnicas de implicações da reforma; e alteração das características originais ou das funções da edificação; entre outras.

As sugestões a serem analisadas foram recolhidas durante a Consulta Nacional do Projeto de Norma, finalizada em 8 de dezembro. A intenção da reunião é discutir as propostas, para incluí-las ou não no texto final.

Na fase seguinte, o Projeto será encaminhado para ser publicado como Norma Brasileira pela ABNT.

Fonte: Sinduscon - SP