Condomínios populares serão erguidos em 2012 para famílias de baixa renda

Texto: Redação AECweb

Cinco conjuntos com áreas de lazer serão erguidos em 2012 no Rio

05 de outubro de 2011 - Cinco supercondomínios populares, com infraestrutura de lazer, serão construídos pela Prefeitura do Rio, a partir do ano que vem, nas zonas Norte e Oeste. Serão 10 mil apartamentos para 30 mil pessoas em conjuntos habitacionais que seguirão o padrão do Bairro Carioca, em construção em Triagem. Lá, a projeto inclui escola, creches, quadras de esporte, piscina e até um posto da Polícia Militar 24 horas.

A expectativa é que os novos empreendimentos sejam ocupados por um público com renda de até três salários mínimos ou por moradores retirados de áreas de risco. Ainda não foi definido o valor que será cobrado. Algumas serão de graça, mas a maioria deverá seguir o padrão de outros conjuntos populares: mínimo de R$ 50 por mês ou até 10% da renda.

Segundo o secretário municipal de Habitação, Jorge Bittar, os supercondomínios vão ficar no Anil, Jacarepaguá, e no Recreio dos Bandeirantes (ambos com 2,9 mil unidades), em Rio das Pedras (1,8 mil), na Colônia Juliano Moreira (4,5 mil) e no Jacaré (mil). Os imóveis terão sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço.

"Queremos criar uma nova concepção de moradia. Estamos na fase de fechar o negócio, comprar os terrenos, que são grandes e alguns estão abandonados", disse Bittar.

Casa nova para 10 mil pessoas a partir de abril

Em Triagem, o conjunto de 11 condomínios que surge no antigo terreno da Light de 122 mil metros quadrados, na Rua Bérgamo, terá suas primeiras unidades entregues em abril. O restante, no segundo semestre de 2012. Cercado por árvores, com espaço de lazer para as crianças e a apenas 20 minutos de metrô do Centro, o supercondomínio será a nova moradia para 10 mil pessoas desabrigadas pelas chuvas. São 112 prédios de cinco andares, cada um com 20 apartamentos, totalizando 2.240 unidades de 42,6 metros quadrados cada.

Fonte: O Dia