Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Consórcio de imóvel será pago com Fundo de Garantia em breve

Texto: Redação AECweb

Condição apenas será válida para imóveis de até 500 mil; os mutuários não poderão ter mais de três parcelas atrasadas

04 de março de 2010 - A Caixa Econômica Federal vai liberar, a partir do dia 18, a utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o pagamento de consórcio imobiliário. Será possível pagar 80% de cada parcela com recursos da conta vinculada do fundo.

O participante do consórcio também poderá pagar 12 prestações com esse recurso, responsáveis por mais um ano. A amortização ou quitação das dívidas com dinheiro do FGTS poderão ser feitas somente a cada dois anos.

A condição apenas será válida para imóveis de até 500 mil, e os mutuários não poderão ter mais de três parcelas atrasadas. A medida foi aprovada ano passado pelo Conselho Curador do FGTS. A Caixa tem até dia 18 para repassar as instruções de operação para as administradoras de consórcios.

Pelas regras atuais, o contista só pode utilizar o FGTS na hora do lance para adquirir a carta de crédito ou então para, ao fim do pagamento das parcelas, complementar a montante para comprar um imóvel de valor maior.

Em 2009, 65 mil participantes foram contemplados em consórcios imobiliários, segundo a Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (Abac). O número é 8,9% maior do que o de 2008. Atualmente, há 533 mil consorciados pagando cotas de imóveis.

Fonte: Extra

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: