Construção civil espera definição sobre o IPI

Texto: Redação AECweb

Indefinição sobre prorrogação da redução do imposto pode causar problemas ao setor

15 de abril de 2010 - A indefinição sobre uma possível prorrogação da redução do IPI para materiais de construção pode provocar tumulto no setor da construção civil. Com a incerteza, poderá ocorrer uma antecipação das compras, causando transtornos para os consumidores.

Em entrevista ao repórter Daniel Lian, Cláudio Elias Conz, presidente da Anamaco, salientou que o incentivo tributário impulsionou o crescimento do setor, destacando que pode ocorrer falta de produtos, impactando na inflação.

Já Melvin Fox, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção, destacou que a redução do IPI beneficia o programa Minha Casa, Minha Vida.

Ele acredita que a medida vá se tornar permanente, salientando ainda o aumento de preços nos produtos apesar do incentivo tributário. A média de redução do IPI é de 5%, e produtos que eram tributados em 10% passaram a 5%. O setor alega que o aumento de arrecadação compensa a redução do tributo.

Fonte: Jovem Pan - SP