Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Construção civil espera linha de ação da Petrobras

Texto: Redação AECweb

Segundo o Sinduscon, expectativa é de que reunião delineie um cronograma para o setor de construção civil

17 de fevereiro de 2011 - Projeto que irá absorver massiva mão-de-obra no Ceará, a Refinaria Premium II é vista como uma grande oportunidade para o setor da construção civil. Em reunião que acontece hoje, às 10 horas, com o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, e o governador Cid Gomes, o Sinduscon-CE (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará) estará presente, juntamente com representantes de outras empresas e entidades que discutirão a formação de uma cadeia de fornecedores para a petrolífera.

Conforme o vice-presidente do Sinduscon, André Montenegro, a expectativa é de que seja apresentado um cronograma para que o setor se prepare a tempo para a larga demanda que deve surgir.

"Temos muito tempo para isso, mas é importante se planejar. A Petrobras é uma empresa muito criteriosa quanto à qualidade de seus profissionais, então, é importante que tenhamos um quadro hábil", diz. De acordo com Montenegro, a chegada do empreendimento ao Estado "deve desencadear também a indústria imobiliária ao redor dela, além da necessidade de criar e ampliar estradas".

12 mil profissionais

Conforme informou o Diário do Nordeste, na edição do dia 30/10/2010, o Ceará tem o desafio de qualificar cerca de 12 mil profissionais para a construção da Premium II, a ser instalada no Pecém. Conforme a Petrobras, 16.125 operários serão qualificados até 2013, nas áreas de construção civil, montagem, manutenção e operação, em todos os projetos da empresa previstos ou em execução no Ceará.

Cadeia de fornecedores

Segundo a assessoria de comunicação da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura do Estado), o encontro de hoje servirá para apresentar a empresários e entidades de classe do Ceará o projeto da "Cadeia Nacional de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras".

Entre os objetivos da reunião está o de estimular, entre o empresariado cearense, ações para os produtos consumidos pela multinacional de energia vindos do Estado. A Seinfra organizou uma lista com representantes de entidades de classe e empresários de setores estratégicos, como o metalúrgico e o da construção civil, para o encontro desta manhã.

Às 14 horas, na Residência Oficial, o Governador e o presidente da Petrobras darão uma coletiva sobre a reunião.

Mão-de-obra

"Temos muito tempo, mas é importante planejar, pois a Petrobras é criteriosa" -  André Montenegro, Vice-presidente do Sinduscon

Fonte: Diário do Nordeste - CE

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: