Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Construção cria 44% menos vagas em março

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Na comparação com fevereiro houve alta de 0,65%

29 de abril de 2013 - A construção civil brasileira criou 22,4 mil vagas em março, de acordo com pesquisa do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas).

O número é 44% menor do que os 40,1 mil novos postos de trabalho gerados no mesmo mês do ano passado. Na comparação com fevereiro, porém, houve alta de 0,65%.

"Os números comprovam que o ritmo de crescimento da construção brasileira continua desacelerando", diz o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe.

"Em função da redução do ritmo dos investimentos, configura-se uma expansão mais moderada da atividade do setor, embora em patamar ainda elevado. Acreditamos que este quadro vá se manter nos próximos meses".

No primeiro trimestre deste ano, o indicador acumula alta de 2,26%, com a contratação de 76,1 mil trabalhadores. No mesmo período de 2012, o setor havia gerado um número maior: 123 mil novos empregos.

No acumulado dos últimos 12 meses, o número de trabalhadores empregados cresceu 1,43%, com a criação de 48,6 mil vagas (contra 248,1 mil nos 12 meses encerrados em março de 2012).

A construção brasileira empregava no final de março deste ano 3,450 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

Fonte: Folha de São Paulo

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: