menu-iconPortal AECweb

Construção tem dificuldade em contratar aprendiz

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Superintendente regional do Trabalho apontou o problema na reunião mensal de Diretorias Regionais

19 de outubro de 2012 - A vice-presidência do Interior do SindusCon-SP recebeu em 17 de outubro, na reunião mensal de Diretorias Regionais, o superintendente regional do Trabalho, José Roberto Melo. No encontro, intermediado pela vice-presidência de Capital-Trabalho, o superintendente falou sobre aprendizagem profissional e os diretores regionais apontaram as dificuldades para contratação de aprendiz, tais como a falta de adesão do jovem aos programas de aprendizagem na área de construção civil, a proibição do trabalho do jovem até 18 anos em canteiros de obras e a duração da aprendizagem em relação às funções existentes no setor.

O vice-presidente do SindusCon-SP Haruo Ishikawa ratificou o trabalho que vem sendo feito pelo SindusCon-SP junto com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego-SRTE/SP a respeito das questões de aprendizagem e inclusão de pessoas com deficiência. Melo, por sua vez, sugeriu uma aproximação ainda maior visando buscar caminhos para a solução dessas questões dentro da legislação de aprendizagem. Disse ainda que o setor deverá exigir do Senai o desenvolvimento de programas compatíveis com a construção civil.

A reunião contou com a presença do presidente do sindicato, Sergio Watanabe, dos vice-presidentes Cristiano Goldstein e Ishikawa, e do presidente do Conselho Consultivo Roberto José Falcão Bauer. Representando as Regionais, compareceram os vice-presidentes Luiz Claudio Amoroso e João Lemos Teixeira da Silva e os diretores Antonio Carlos Ribeiro Abibe (Sorocaba), Eduardo Nogueira (Ribeirão Preto), Emilio Carlos Pinhatari (São José do Rio Preto), José Luiz Goulart Botelho (São José dos Campos), Luís Gustavo Ribeiro (Presidente Prudente), Mauro Rossi (Delegacia de Mogi das Cruzes), Moacir Benvenutti Netto (Campinas), Renato Tadeu Parreira Pinto (Bauru), Ricardo Beschizza (Santos) e Sérgio Ferreira dos Santos (Santo André).

Fonte: Sinduscon – SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: