Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Construção vai crescer 10% neste ano

Texto: Redação AECweb

Estimativa foi feita pelo Sinduscon com base em pesquisa feita com as construtoras da cidade Fernanda Mazzini Reportagem Local

25 de outubro de 2010 - A indústria da construção civil deverá fechar o ano com um crescimento de 10% na comparação com 2009. A projeção é do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná (Sinduscon-Norte) e considera o crescimento médio do País e o índice de inflação. Levantamento parcial do órgão feito com algumas construtoras instaladas na cidade indicam que neste ano foram lançados 23 empreendimentos e, por enquanto, outros 13 estão programados para 2011.

Segundo avaliação das construtoras, este ano foi melhor para o mercado do que 2009. O presidente do Sinduscon-Norte, Osmar Ceolin Alves, explica que o setor ainda encontra dificuldade para encontrar mão de obra especializada. Temos investido em treinamento, mas até o funcionário chegar a um rendimento satisfatório demanda tempo, explica. A geração de negócios feitos a partir da construção civil também está em alta.

Atualmente a construção civil é um dos segmentos econômicos mais importantes da cidade. Edifícios, condomínios horizontais, galerias comerciais e até mesmo novos centros de compras são construídos e mudam diariamente a paisagem urbana de Londrina. O ritmo de crescimento acelerado, acompanhado de perto pelo setor da construção civil transformou a cidade num canteiro de obras. O índice de velocidade nas vendas de imóveis na cidade é alto e as obras são entregues em média 30 meses após o lançamento, com cerca de 80% a 90% das unidades vendidas.

Com tanto movimento o setor assume posição importante para economia local e ajuda a impulsionar a geração de empregos, que no primeiro semestre deste ano atingiu 5,60%, segundo dados do Dieese, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. De acordo com os números, a cidade cresceu mais que a média do Estado, que foi de 4,59% no mesmo período.

Em meio a avaliação positiva do setor e ao êxito de suas ações, o Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (Ceal) celebra os 57 anos de um história marcada por projetos e ações focadas na construção do bom relacionamento entre engenheiros e arquitetos de Londrina e região. Segundo o presidente, André Sell, desde o início da sua fundação, o Ceal atuou para a valorização da atividade profissional, fomentando o respeito mútuo entre empresas e profissionais e contribuindo para o desenvolvimento do setor.

O evento comemorativo ao aniversário da entidade, foi realizado no final dessa semana, com o objetivo de homenagear empreendedores que acreditam e investem em novas alternativas e oportunidades para o desenvolvimento do setor. Desta vez foram homenageados o engenheiro civil Antônio Carlos do Nascimento, a arquiteta Maria Luiza Bohrer e a empresa Teixeira Holzmann de propriedade do também engenheiro Marcos Holzmann. O Ceal elege anualmente, através de votação entre os associados, novos nomes, prestigiando aqueles que se destacam pelo profissionalismo e qualidade de serviços prestados.

Fonte: Folha de Londrina - PR

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: