Construtores apresentarão quarta-feira projeto de reconstrução de Friburgo

Texto: Redação AECweb

Já está escolhido o local onde serão construídas as primeiras das 2000 casas populares para doar às vítimas da tragédia decorrente das fortes chuvas na Região Serrana.

24 de janeiro de 2011 - Representantes de construtoras de Nova Friburgo terão até quarta-feira para apresentar ao governo o projeto do novo plano diretor de Nova Friburgo, a cidade mais atingida pelas chuvas na Região Serrana. O vice-governador, Luiz Fernando Pezão, se reuniu com o grupo na manhã deste domingo, e pediu o empenho de todos em um mutirão de reconstrução do município. Durante a reunião, Pezão afirmou que 30 geólogos e mais de 200 engenheiros estão colaborando com os estudos.

"É fundamental a utilização dos 180 dias em que a cidade está sob o regime de calamidade pública, para o emprego de tudo que for necessário para as obras emergenciais", afirma em nota o vice-governador, se referindo ao fato que as obras não precisaram de licitação, uma vez que foi decretado o estado de calamidade.

Neste domingo a Defesa Civil já começou o trabalho de demolição das casas em áreas de risco em Nova Friburgo. Além disso, já está escolhido o local onde serão construídas as primeiras das 2.000 casas populares para doar às vítimas da tragédia decorrente das fortes chuvas na Região Serrana. O terreno, de cerca de dois milhões de metros quadrados, fica na Fazenda da Laje, no distrito de Conselheiro Paulino, em Nova Friburgo, desapropriada semana passada pela prefeitura local.

De acordo com o vice-governador Luiz Fernando Pezão, as unidades serão distribuídas pelos sete municípios atingidos (Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, São José do Vale do Rio Preto, Bom Jardim, Sumidouro e Areal). O anúncio da doação será feito na próxima quinta-feira, dia 27, no Palácio Guanabara, pela presidente Dilma Rousseff e o governador Sérgio Cabral.

Fonte: Globo Online - RJ