Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Consumo brasileiro de aço inoxidável retoma nível pré-crise

Texto: Redação AECweb

Vendas do produto terminam em alta de 25% na comparação com o resultado de 2009

09 de novembro de 2010 - O consumo aparente de inox vai encerrar o ano em alta de 25% na comparação com o resultado de 2009, retornando aos níveis verificados antes da crise financeira internacional. A projeção é do Núcleo Inox e será divulgada nos próximos dias.

De acordo com a entidade, o resultado deste ano irá igualar o total registrado em 2008, o melhor desempenho do setor, com consumo de quase dois quilos por habitante.

Frederico Ayres Lima, presidente do conselho deliberativo do Núcleo Inox, ressalta que três grandes segmentos irão impulsionar o consumo do inox no País. São eles: agronegócio, construção civil e petróleo e gás.

No caso do agronegócio, o uso do inox no etanol deverá ser o grande responsável pela expansão. Já para a construção civil e petróleo e gás, o aumento dos investimentos sustentarão a alta do consumo.

No próximo dia 16, representantes do setor, entre eles fabricantes, comerciantes e executivos da indústria da transformação, irão se reunir durante a Feinox e Coninox 2010.

Fonte: IG - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: