Consumo de sistemas drywall cresceu 35,3% até setembro

Texto: Redação AECweb

Em nove meses foram consumidas 23,6 milhões de m² de chapas

03 de dezembro de 2010 - A utilização de sistemas drywall na construção civil brasileira manteve o ritmo de crescimento observado desde o início do ano e encerrou o terceiro trimestre com expansão acumulada no ano de 35,3% em comparação com o mesmo período de 2009. Foram consumidas nos nove meses 23,6 milhões de m2 de chapas, principal indicador de desempenho do segmento.

O presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall, Eng. Gunter Leitner, avalia esse quadro: "A expansão do consumo de sistemas drywall a índices bem superiores ao do PIB da construção civil demonstra, mais uma vez, a tendência de modernização da construção civil brasileira, adotando tecnologias que, ao mesmo tempo, aceleram e racionalizam as obras e ainda contribuem para elevar sua qualidade e torná-las mais econômicas". E complementa: "Nesse cenário, o drywall vem desempenhando papel importante desde meados dos anos 1990, quando os grandes fabricantes europeus desses sistemas instalaram fábricas no Brasil".

O mercado em números

Em termos regionais, o estado de São Paulo continuou liderando o consumo nacional de sistemas drywall, com 44% de participação no período de janeiro a setembro, vindo depois o restante da região Sudeste (21%) e as regiões Sul (15%), Centro-Oeste (11%) e Nordeste (8%).

Em valores relativos, o maior crescimento nesses nove meses foi observado na região Sudeste (39,4%) exceto São Paulo, seguida da região Nordeste (37,8%).

São Paulo e a região Sul ficaram próximas à média, com expansões de respectivamente 34,9% e 36,5%. A região Centro-Oeste ficou com crescimento de 26,1%.

Fonte: Portal Fator Brasil - RJ