Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Crédito Habitacional triplica e atinge 5% do PIB em janeiro

Texto: Redação AECweb

No primeiro mês do ano passado, o volume já chegava a 3,7%

09 de março de 2012 - O crédito habitacional chegou a representar 5% do Produto Interno Bruto (PIB) em janeiro, correspondendo a R$ 205,8 bilhões, de acordo com o chefe do Departamento Econômico do BC (Banco Central), Tulio Maciel. No prazo de apenas cinco anos, esse valor mais que triplicou e, em 2007, o crédito para a compra da casa própria representava 1,5% do PIB. No primeiro mês do ano passado, o volume já chegava a 3,7%. Do montante total, R$ 191,3 bilhões correspondem a créditos direcionados – operações com recursos do governo ou da parcela que os bancos são obrigados a recolher ao Banco Central e que têm juros mais baixos. O valor restante (R$ 14,5 bilhões) tem origem em operações com recursos livres.

O especialista em urbanização e diretor da Vallor Urbano, Sérgio Guimarães Pereira Júnior, explica que ainda são poucos e burocráticos os mecanismos de créditos para a aquisição de lotes urbanizados, uma ferramenta extremamente importante na ocupação planejada e desenvolvimento sustentável de qualquer cidade. “Se o governo acordar para este importante aliado no combate ao déficit habitacional, o país obterá um aumento substancial na quantidade de famílias atendidas e com um menor custo e impacto no percentual de financiamento”, afirma.

Fonte: Investimentos e Notícias

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: