Crédito imobiliário supera recorde histórico de 2008 no RS

Texto: Redação AECweb

Otimismo e o crescimento se devem a uma série de fatores

05 de maio de 2011 - Este ano será o de maior realização de financiamentos habitacionais. A expectativa era de que os números de 2008, época considerada áurea do crédito imobiliário, fossem superados até com certa facilidade, mas os valores de 2010 podem chegar ao dobro de dois anos atrás, quando foram desembolsados mais R$ 30 bilhões. Somente até o dia 21 de junho passado, a Caixa Econômica Federal já chegou a esse valor em 2010. A expectativa da Caixa, que responde por 75% dos investimentos no setor no país, é alcançar R$ 60 bilhões em financiamentos.

O otimismo e o crescimento se devem a uma série de fatores. Segundo o gerente regional de Construção Civil da Caixa em Porto Alegre, Pedro Amar Ribeiro de Lacerda, o momento se deve às facilidades para se obter crédito imobiliário. "Os programas do governo federal, aliados a medidas dos próprios bancos, têm ajudado. Aqui na Caixa, conseguimos reduzir a taxa de juros em sete vezes, além de ampliarmos os prazos de financiamentos para 30 anos. Há demanda, há investidores, há imóveis e as pessoas se sentem mais seguras nos empregos atuais. Todo esse universo contribui para esse crescimento", analisou. A execução orçamentária da Caixa neste ano no país resultou na construção de 502.626 habitações. No RS, foram 29.250 moradias, com investimentos superiores a R$ 2,2 bilhões.

O otimismo também é grande no Banrisul. Segundo Bruno Fronza, diretor de crédito, os financiamentos neste primeiro semestre já são 44% maiores que os realizados em 2009, e "esperamos fechar o ano com R$ 200 milhões desembolsados para crédito imobiliário a pessoa física". A demanda tão grande de financiamentos sugere um grande trabalho para que os recursos cheguem às mãos dos clientes. Os bancos parecem estar se virando bem para disponibilizar financiamentos.

Na Caixa, Pedro Lacerda garante que em até 14 dias o contrato é assinado. "Em Porto Alegre, após trâmites no Registro de Imóveis, são mais 15 ou 20 dias para finalizar o processo." No Banrisul, informa Bruno Fronza, após aprontar toda a documentação, o crédito está disponível em mais dois dias.

Fonte: Correio do Povo - RS