Crédito mais fácil nas imobiliárias viabiliza Casa Própria

Texto: Redação AECweb

Parceria com bancos acelera a liberação do financiamento que muitas vezes emperra na fase de documentação do imóvel e do comprador

22 de fevereiro de 2010 - O crescimento do mercado imobiliário aproxima cada vez mais bancos e imobiliárias e pode facilitar a vida de quem está na fila para o financiamento da casa própria.

O principal benefício das parcerias entre as empresas que vendem os imóveis e as instituições que financiam os compradores é a maior agilidade no processo de liberação do financiamento. Isso é possível porque boa parte dos imóveis já está avaliada e com os dados disponíveis no sistema da financeira.

Um exemplo desta atuação conjunta é a CrediPronto, empresa formada pela consultoria de imóveis Lopes e o banco Itaú, que atua exclusivamente com crédito imobiliário para imóveis prontos e usados. O objetivo é atender os clientes da imobiliária e garantir que o financiamento saia o mais rápido possível. "O consultor de financiamento está junto com o corretor, o que agiliza o processo. Muita vezes, o imóvel já está até avaliado", explica Ademar Larine, presidente da empresa de crédito.

O empréstimo é feito pelo Itaú com dinheiro do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e os juros são os mesmos cobrados pelo banco nas agências. O prazo médio para a liberação dos financiamento desde o primeiro contato é de 20 dias, abaixo do prazo médio da Caixa Econômica Federal, por exemplo, de 30 dias. "Vamos do super popular até o alto padrão. Nosso tíquete médio é de R$ 280 mil", afirma Larine.

Outra instituição financeira que trabalha junto com as imobiliárias é a BM Sua Casa, braço de varejo para crédito imobiliário da financeira independente Brazilian Finance. O principal negócio da empresa são os imóveis usados, para qual são oferecidos mais de cinco modalidades de financiamento.

Foi a rapidez da liberação do crédito que fez o advogado José Edgard Bueno, de 39 anos, procurar uma financeira parceira da imobiliária que intermediou o negócio. "Procurei um banco que eu já tinha relacionamento e estava há três meses tentando a liberação do financiamento. Quase perdi o negócio. Com a financeira parceira consegui a liberação em 48 horas, pois estava com a documentação toda em dia. Essa foi a vantagem", diz.

"São mais de 500 imobiliárias cadastradas, além das lojas próprias", informa o diretor da financeira Vitor Bidetti. Segundo ele, o comprador tem acesso ao serviço de despachante, avaliação do imóvel e o que mais necessitar para tornar mais ágil o processo.

De acordo com o economista chefe do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP), Celso Petrucci, a parceria entre as imobiliárias e as instituições financeiras é uma tendência. "Os bancos deixaram de ser passivos, de ficar só nas agências. Agora eles oferecem os produtos em outros canais", afirma. "E não é só bom para as imobiliárias, mas também para o consumidor que terá esses canais à disposição", completa.

Outra que estuda fazer parceiras é a Brasil Brokers. "Cada subsidiária tem um banco parceiro, mas caminhamos para ter um único e canalizar a oferta de crédito mais fortemente. O próprio reaquecimento do mercado este ano deve propiciar isso", diz Sérgio Freire, presidente da empresa.

Financiamentos nas parcerias - CrediPronto
A financeira da Lopes e do Itaú usa os produtos do banco associado e atende não só clientes das imobiliárias da Lopes, mas qualquer interessado em crédito para compra de imóveis. A taxa de juros varia entre 10% a 11,5% ao ano mais a Taxa Referencial (TR) e o prazo pode chegar a 30 anos. É possível financiar até 80% do imóvel a partir de R$ 50 mil e sem limite final.

BM Sua Casa
A financeira independente oferece diversos produtos em suas lojas ou nas imobiliárias parceiras, em que os juros começam em 9,95% a 11,25% ao ano.

Bradesco
O prazo mínimo para financiamento é de 15 anos e pode chegar a 30 anos. Os imóveis podem ser financiados em até 80% para valores a partir de R$ 50 mil. A empresa também trabalha com FGTS. O banco tem parceria com diversas imobiliárias, que podem anunciar as ofertas no site www.bradescoimoveis.com.br. No site é possível simular o financiamento com taxas de juros entre 8,90% a 14% ao ano, além da TR. Há uma linha cuja taxa cobrada é de 7,80% ao ano nos três primeiros anos. O prazo para o parcelamento é de até 30 anos e o máximo que se pode financiar é 80% do imóvel.

Banco Santander/Banco Real
O Grupo Santander também trabalha com um site em que os parceiros podem colocar os imóveis a venda, o www.webcasas.com.br. No site é possível fazer simulação do crédito no Santander ou Real. As condições são as mesmas, com taxa que vai de 8,9% a 11% ao ano mais a TR. É possível financiar imóveis a partir de R$ 20 mil com prazo de até 30 anos.

Fonte: Jornal da Tarde - SP