Cresce número de mulheres formadas na construção

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Presidente do Sinsucon - SP ressaltou a importância da boa formação profissional dentro de uma indústria que está em constante busca por modernização e produtividade

21 de dezembro de 2012 - Importante fonte de capacitação para o setor na capital paulista, a escola Senai Orlando Laviero Ferraiuolo comemorou em 19 de dezembro a formatura de mais um grupo de técnicos em edificações, aprendizagem industrial (eletricista instalador) e mestre de obras. Paraninfo da turma, o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, disse estar admirado com o número de formandos e a crescente presença feminina no setor. “Fico orgulhoso em perceber que a cada ano temos mais mulheres entre os alunos do Senai. Sabemos que é uma rotina dura na construção, mas os resultados são compensadores”, afirmou em seu discurso para os formandos.

Ao refletir sobre as atuais necessidades do setor, Watanabe ressaltou a importância da boa formação profissional dentro de uma indústria que está em constante busca por modernização e produtividade. “Com certeza, a experiência de vocês a partir do ingresso no mercado de trabalho poderá motivar familiares e amigos a seguir a profissão”, disse, ao recomendar aos alunos que continuem estudando.

Para o diretor da escola, Abílio José Weber, a procura por cursos técnicos dessa área ganhou vigor nos últimos anos, impulsionada pelo crescimento expressivo do setor imobiliário. Segundo Weber, a valorização do profissional da construção trouxe novas perspectivas para os jovens que estão em busca de uma direção. Em 2012, a cerimônia contou com a presença de mais de 130 formandos, considerando os cursos de edificações, aprendizagem industrial e mestre de obras.

Fonte: Sinduscon – SP