Crescem os gastos com construção nos EUA

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Em abril, a alta nos gastos foi de 0,4%

03 de junho de 2013 - Os gastos com construção subiram em abril nos Estados Unidos, informou nesta segunda-feira o Departamento do Comércio. O montante gasto com projetos privados não residenciais compensou a queda na construção de casas e o contínuo recuo nos gastos do governo.

A alta nos gastos com construção foi de 0,4%, para o número anual sazonalmente ajustado de US$ 860,8 bilhões em abril ante março, informou o Departamento do Comércio. Os gastos tiveram alta de 4,3% na comparação com abril do ano passado. Em março, os gastos na construção registraram queda de 0,8% (dado revisado).

As construções em projetos que não os residenciais avançaram 2,2% em abril, apoiadas por ganhos em investimento em infraestrutura energética e em estruturais comerciais e educacionais. Os gastos com residências privadas, porém, caíram 0,1%, refletindo provavelmente o recuo nas novas construções informado no mês passado pelo Departamento do Comércio.

A construção de residências, apontada como em parte responsável por impulsionar a recuperação econômica há mais de um ano, está 19% acima do nível de abril de 2012. Já os gastos nos projetos públicos, que representam cerca de um terço do total, recuaram pela quarta vez em cinco meses, provavelmente refletindo cortes nos gastos federais e também dos governos estaduais e municipais, ainda lutando com orçamentos apertados.

Fonte: Valor Econômico