CUB-DF/m² registra aumento

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Índice fecha o mês de março em R$ 1.030,03

09 de abril de 2014 - O Custo Unitário Básico do Distrito Federal (CUB-DF/m²) apresentou o valor de R$ 1.030,03 neste mês de março. O número representa uma variação positiva de 0,52% em relação a fevereiro, quando chegou a 0,37% e resultou em um custo de R$ 1.024,73.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 7 de abril, pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF). “O valor do CUB varia de acordo com cada item que compõe o cálculo. Esse aumento no valor do calculo registrado em março está dentro da normalidade e é um reflexo na variação dos itens levantados na pesquisa”, explicou o diretor de Economia e Estatística do Sinduscon-DF, Marcus Peçanha.

Vale ressaltar que, para se ter o valor real do metro quadrado de uma obra, além do CUB-DF/m², deve-se considerar os demais custos adicionais, como, por exemplo, elevadores, fundações especiais e ligações de água, luz e esgoto.

Para obter este resultado mensal, o CUB/m² inclui a avaliação de um grupo de materiais com 25 itens; mão de obra de servente e pedreiro; despesas administrativas referentes ao custo da contratação ou salário mais encargos sociais pagos ao engenheiro; e equipamento, representado pelo aluguel de betoneira.

CUB desonerado

O valor do CUB/m² desonerado, referente ao mês de março, apresentou uma variação positiva de 0,54% em relação ao mês anterior, passando o seu valor para R$ 991,23. A metodologia usada no CUB/m² desonerado é a mesma do CUB/m², com a ressalva de que o desonerado não considera a incidência dos 20% referentes à Previdência Social.

É importante observar que, neste cálculo, o Sinduscon-DF apenas altera os valores referentes aos encargos previdenciários e trabalhistas, devido à desoneração, enquanto os benefícios só poderão sofrer alterações após Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), se esta alterar os valores dos benefícios.

Fonte: Sinduscon-DF