Curitiba lidera criação de vagas na construção civil no Sul

Texto: Redação AECweb

Crescimento de 0,41% é resultado de 3.513 admissões e 3.304 desligamentos

18 de novembro de 2010 - Em setembro, Curitiba foi a capital da região Sul que mais abriu postos de trabalho na construção civil. Foram criados 209 empregos formais no período. O crescimento de 0,41% é resultado de 3.513 admissões e 3.304 desligamentos. A construção civil emprega agora 50.272 trabalhadores formais na capital paranaense.

Em Florianópolis (SC), 157 postos foram criados e Porto Alegre (RS) registrou variação negativa de 268 empregos com carteira assinada.

No mesmo período, em todo Paraná foram criadas 601 vagas na construção - variação de 0,41% sobre o número de trabalhadores de agosto - e na Região Metropolitana de Curitiba 22 vagas foram abertas - variação de 0,03% sobre o estoque de trabalhadores do mês anterior.

O saldo do emprego em Curitiba representou 34,8% do total registrado no Estado em setembro.

Nos primeiros nove meses de 2010, o emprego na Construção aumentou 15,9% em Curitiba e foram criados 6.878 novos postos de trabalho. Na série histórica iniciada em 2000, os primeiros nove meses de 2010 obtiveram o maior saldo do emprego formal na construção em Curitiba.

A Construção emprega 50, 2 mil trabalhadores formais no município e é o quarto maior setor de atividade em número de empregados com carteira assinada (7,6% do total).

1º emprego

Em setembro, foram 156 admissões por primeiro emprego na construção em Curitiba. Entre janeiro e setembro de 2010, foram admitidos 1.451 trabalhadores por primeiro emprego, que representaram 4,3% de todas as admissões na construção no ano.

Na capital paranaense, a divisão de atividade econômica da construção com maior número de empregos criados foi a construção de edifícios, com 382 novas vagas, seguida pelos serviços especializados para construção, que geraram 50 empregos novos.

Fonte: Madeira Total - SP