Custo da construção acelera em fevereiro, indica FGV

Texto: Redação AECweb

INCC-M passou de 0,37%, em janeiro, para 0,39% no mês seguinte. Cinco capitais apresentaram aceleração em suas taxas de variação

23 de fevereiro de 2011 - O índice que mede o custo da construção no país registrou variação de 0,39% em fevereiro, contra 0,37% observada no mês anterior. No acumulado em 12 meses, o Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) está em 7,46%, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira,(23) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

No grupo relativo a materiais, equipamentos e serviços, o índice correspondente a materiais e equipamentos registrou variação de 0,54%, contra 0,22% no mês anterior, com destaque para materiais para instalação (de 0,76% para 1,34%).

A parcela relativa a serviços passou de 1,21%, em janeiro, para 1,04%, em fevereiro. Foi registrada desaceleração do subgrupo serviços pessoais (de 2,16% para 1,36%).

O grupo mão de obra passou de 0,32% para 0,12%, em fevereiro. Em Salvador, Belo Horizonte, Recife e São Paulo foram observadas discretas variações salariais.

Cinco capitais apresentaram aceleração em suas taxas de variação: Salvador, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo. Na contramão, Brasília e Belo Horizonte registraram desaceleração.

Fonte: G1