Custo da construção civil de SP sobe 0,19% em março

Texto: Redação AECweb

Maior alta foi registrada nos preços dos materiais de construção, que subiram 0,34% no mês

05 de abril de 2010 - O CUB (Custo Unitário Básico) da construção civil do Estado de São Paulo subiu 0,19% em março. Este índice reflete a variação dos custos do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil paulista calculado pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

A maior alta foi registrada nos preços dos materiais de construção, que subiram 0,34% no mês. Já os custos com mão de obra tiveram leve variação positiva de 0,07% em março. Os preços administrativos (salários dos engenheiros) voltaram a permanecer estáveis.

A média ponderada entre as três variáveis resultou na variação do CUB de 0,19% em março. No mês, o CUB Representativo da construção civil paulista, chamado de R8-N, foi elevado para R$ 859,52 por metro quadrado. O CUB registra aumento acumulado de 0,49% no ano e de 3,52% em doze meses terminados em março de 2010.

Em março, todos os insumos da construção pesquisados pela FGV voltaram a registrar altas inferiores ao IGP-M do mês: 0,94%. O material que mais se aproximou deste índice foi a bacia sanitária branca, cujo preço subiu 0,93%. Os principais insumos que também tiveram aumentos de preços neste mês foram o tubo de PVC rígido rosca água (0,92%), a cerâmica esmaltada (0,92%), a fechadura de tráfego moderado (0,78%), a locação de betoneira elétrica (0,76%), o aço CA-50 (0,64%), além de telha ondulada fibrocimento (0,59%).

Fonte: Diário do Grande ABC - SP