Custo da construção civil em MT aumenta acima da inflação

Texto: Redação AECweb

A alta de 14% em Mato Grosso foi a maior do país. Mão de obra é responsável pelo reajuste, segundo o IBGE.

08 de julho de 2011 - O custo da construção civil em Mato Grosso aumentou 14% nos últimos 12 meses. O percentual é o maior do país e o dobro da inflação no período, sendo de 7,8%, de acordo com o Índice Nacional de Custo da Construção - M (INCC-M) calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com esse aumento, o valor gasto pelo metro quadrado chegou a R$ 803,68. No mês, o reajuste de 5,26% foi o mais alto entre os demais estados brasileiros.

O levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que na região Centro-Oeste, Mato Grosso tem o segundo maior custo, perdendo apenas para o Distrito Federal com R$ 830,30 por metro quadrado. No país, conforme o IBGE, o custo da construção civil passou para R$ 795.64, sendo R$ 440,81 relativos aos materiais e R$ 354,83 à mão de obra.

O presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac), Antônio Zompero, explica que no varejo os preços dos materiais não foram responsáveis pelo aumento. Ele frisa também, que nos últimos seis meses, os valores cobrados pelos produtor tiveram redução. Para Zompero, a tendência é que os preços fiquem estabilizados no restante do ano. "Isso se não houver falta de produto no mercado".

O economista José Manuel Marta acrescentou que a responsabilidade para o aumento do custo da construção está relacionada a necessidade de mão de obra. Conforme ele, ocorre escassez de profissionais qualificados para ocupar vagas no ramo da construção civil.

Fonte: G1 - RJ