Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Custo da construção paulista sobe 6,11% no 1º semestre

Texto: Redação AECweb

No mês de junho, o CUB registrou alta de 1,73% em relação a maio

02 de julho de 2012 - O CUB (Custo Unitário Básico) da construção civil do Estado de São Paulo subiu 6,11% nos primeiros seis meses do ano. O CUB é o índice oficial, calculado pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e pela FGV Projetos, que reflete a variação dos custos do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil paulista.

No acumulado do semestre, os custos com mão de obra aumentaram 9,07%, enquanto os salários dos engenheiros subiram 7,68%, impulsionados pelos acordos coletivos firmados com sindicatos dos trabalhadores do setor em todo o Estado. Já os custos com materiais de construção avançaram 2,21% no período.

No mês de junho, o CUB registrou alta de 1,73% em relação a maio. Para o resultado, contribuíram os aumentos dos custos com a mão de obra (+2,81%) e os salários dos engenheiros (+3,94%). No mesmo período, o custo com materiais de construção subiu 0,16%. A média ponderada entre essas variantes resultou na elevação do CUB Representativo da construção civil paulista (R8-N) no período, equivalente ao custo de R$ 1.013,46 por metro quadrado.

Em junho, 10 dos 41 insumos da construção pesquisados variaram acima do IGP-M do mês, que apresentou inflação de 0,66%. Entre os que tiveram os maiores reajustes no mês, estão:

Alimentação tipo marmitex: 3,28%
Emulsão asfáltica c/elastômero p/imperm.: 1,60%;
Placa de gesso p/forro s/colocação: 1,35%;
Tábua de madeira de 3ª p/const. E=2,5 cm: 1,31%;
Bloco de concreto: 1,07%;
Óleo diesel: 0, 97%;
Telha ondulada fibrocimento 6mm: 0, 77%;
Placa cerâmica (azulejo) 15x15cm: 0, 72%;
Cerâmica esmaltada 20x20cm: 0, 72%;
Prego 18x27 c/cabeça: 0, 67%

Fonte: Sinduscon - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: