Cyrela anuncia joint venture com fundo de Cingapura e Canadá

Texto: Redação AECweb

Investimentos previstos são de US$ 400 milhões, sendo 25% da CCP, 37,5% do Canadá e 37,5% de Cingapura

11 de agosto de 2009 - A Cyrela Commercial Properties (CCP) anunciou hoje a assinatura de um contrato que estabelece as bases de uma joint venture com a BRComprop Development Private Limited, empresa afiliada ao braço de investimentos imobiliário do governo de Cingapura (GIC Real Estate) e ao fundo de pensão canadense Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB).

O total de investimentos previstos no âmbito da sociedade é de US$ 400 milhões, sendo 25% da CCP, 37,5% do fundo canadense e 37,5% do governo de Cingapura.

Em comunicado ao mercado, a empresa brasileira informou que a joint venture tem o intuito de "adquirir, deter, desenvolver, construir, arrendar, administrar e alienar ativos no segmento de imóveis comerciais, industriais e de escritórios no Brasil".

O documento esclarece que os investimentos oriundos de Cingapura e Canadá serão feitos por meio de uma sociedade constituída sob as leis do estado americano de Delaware.

Os recursos desta sociedade serão investidos em conjunto com a CCP, tendo como destino sociedades de propósito específico (SPEs) sediadas no Brasil e que serão as titulares dos aportes no setor imobiliário.

"A celebração da parceria visa aliar o conhecimento da CCP nos mercados de propriedades comerciais no Brasil com a experiência global de investimentos do GIC Real Estate e do CPPIB", disse em nota a Cyrela Commercial Properties.

Fonte: Época Negócios - SP