Dia Nacional da Construção social acontece em agosto

Texto: Redação AECweb

Evento oferecerá serviços de saúde, cidadania e lazer

10 de julho de 2009 - Realizado pelo Secovi-SP e outras entidades do setor, a expectativa é de que 5 mil trabalhadores da indústria da construção e seus familiares, na cidade de São Paulo, procurem os serviços de saúde, cidadania e lazer oferecidos no SESI de A.E.C. Carvalho.

A terceira edição do Dia Nacional da Construção Social será realizada no dia 22 de agosto, das 9h às 17 horas, no SESI - Mario Amato, Rua Deodoro Sampaio, 110 - A.E.C. Carvalho. O evento, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio do seu Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc), faz parte do calendário nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), que oferece serviços de saúde, cidadania e lazer.

Na segunda edição, em 2008, mais de 330 mil trabalhadores da indústria da construção e seus familiares participaram, em todo o país, do dia especial dedicado a eles. A estimativa é que neste ano, 20 estados da Federação participem do evento, sendo que, somente na cidade de São Paulo, cerca de 5 mil pessoas devem utilizar os serviços e atividades disponibilizadas pelo Sesi durante todo o dia.

"Compartilhar um dia como o da Construção Social significa fazer parte de uma corrente de alegria e união pelo progresso do Brasil, com melhores condições de trabalho e cidadania", diz a presidente do Fasc e do Projeto Ampliar - instituição social que educa e profissionaliza jovens com apoio logístico do Secovi-SP -, Maria Helena Mauad.

Além de palestras sobre prevenção de acidentes de trabalho, acidentes no lar, drogas, doenças sexualmente transmissíveis (DST), AIDS e escovação dos dentes para crianças e adultos, os participantes poderão fazer exames de saúde, como medir pressão arterial, acuidade visual e triagem odontológica. Haverá distribuição de cartilhas sócio-educativas, show musical, maquiagem artística e muitas brincadeiras.

O Dia Nacional da Construção Social em São Paulo é uma realização do Secovi-SP, Sinduscon-SP, Seconci São Paulo e Sindicato da Construção Civil de São Paulo.

Fonte: Pauta Social - RS