Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Dilma visita obras da P-58 em estaleiro no Rio Grande (RS)

Texto: Redação PE

Com as presenças da presidenta da República, Dilma Rousseff, e da presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, a Petrobras realizou nesta manhã de sexta-feira (8), a cerimônia de conclusão das obras da plataforma FPSO (plataforma que produz, armazena e transfere petróleo na sigla em inglês) P-58. Dilma e Graça Foster visitaram também as obras de construção dos cascos replicantes dos FPSOs para o pré-sal em andamento no Polo Naval de Rio Grande. A cerimônia ocorreu no Estaleiro Honório Bicalho, em Rio Grande (RS), e a visita ocorrerá no Polo Naval de Rio Grande.

O evento marca a conclusão das obras da plataforma FPSO P-58 em Rio Grande. O navio convertido chegou ao Brasil em outubro de 2011, vindo de Cingapura, onde foi realizada a adequação do casco. As obras da P-58 geraram cerca de 4,5 mil empregos diretos. A P-58 será instalada no norte do Parque das Baleias, na Bacia de Campos, litoral do Espírito Santo e vai extrair petróleo tanto da camada pré-sal, quanto da camada pós-sal. Tem capacidade de produção de 180 mil barris de óleo por dia e de compressão de 6 milhões de m³ de gás por dia.

Já os oito cascos de FPSOs estão sendo construídos para o desenvolvimento dos campos de petróleo do pré-sal nos blocos BM-S-11 e da Cessão Onerosa, localizados na Bacia de Santos. Os FPSOs replicantes são uma nova geração de plataformas, concebidas segundo parâmetros de simplificação de projetos e padronização de equipamentos. A produção, em série, de oito cascos idênticos permitirá maior rapidez no processo de construção, ganho de escala e consequente otimização de custos. Cada FPSO terá capacidade para processar até 150 mil barris por dia de óleo e 6 milhões de m³ de gás por dia.

Fonte: Agência Petrobras
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: