Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Eficiência de sistemas prediais ajuda empresas a melhorar competitividade

Texto: Redação AECweb

Segundo Watanabe, eventos como o Seminário de Sistemas Prediais podem auxiliar na sobrevivência das empresas

22 de junho de 2012 - Com a fase de forte expansão da construção civil chegando ao fim, o setor se tornará cada vez mais competitivo e só as empresas que buscarem melhorias de produtividade e ganhos de eficiência é que permanecerão no mercado. Este foi o recado do presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, para os participantes do 8º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais – Qualidade e Inovação, que o sindicato promoveu em 19 de junho, em São Paulo, por meio do CTQ (Comitê de Tecnologia e Qualidade) e do Comasp (Comitê de Meio Ambiente). Neste ano, o evento tem o Secovi-SP (sindicato da habitação) como parceiro.

Segundo Watanabe, eventos como o Seminário de Sistemas Prediais podem auxiliar na sobrevivência das empresas, sobretudo agora que o questão da sustentabilidade ganha destaque, com a realização da Rio+20. “Está claro que a eficiência energética é um assunto fundamental para nós”, afirmou.

“São os sistemas prediais que determinam o tamanho das contas que os usuários pagarão”, lembrou Jorge Batlouni Neto, coordenador do CTQ, também presente à abertura do evento. “Temos de racionalizá-los e fazê-los mais eficientes”, disse.

Para Paulo Sanchez, vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, justamente por isso o seminário deste ano privilegiou as práticas das instalações. “Nossa meta sempre foi cuidar da disseminação de informações úteis ao setor”, afirmou.

Assim, nesta edição, o evento abordou o emprego de sistemas de aquecimento solar em edifícios de múltiplos pavimentos, e critérios para a gestão eficiente dos serviços de instalações prediais nos canteiros de obra. Os especialistas também fizeram um balanço do que está disponível atualmente no mercado nacional.

A abertura do evento teve ainda as presenças de Renato Genioli Junior, coordenador da Comissão de Trabalho de Sistemas Prediais do CTQ, e Paulo Rewald, diretor de Normalização do Secovi-SP.

Fonte: Sinduscon – SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: