Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Emprego continua a crescer na construção e bate recorde

Texto: Redação AECweb

Em termos proporcionais, a região que mais contratou no mês foi a Norte (+1,66%), com 3,1 mil novos postos de trabalho

08 de dezembro de 2011 - Com a contratação de mais 16 mil trabalhadores em outubro, a construção civil brasileira chegou ao final daquele mês à marca recorde de 3 milhões 144 mil trabalhadores empregados com carteira assinada (aumento de 0,51% em relação a setembro). No ano de 2011, o número de postos de trabalho criados no setor entre janeiro e outubro foi de 314,6 mil (elevação de 11,12%). É o que mostra a pesquisa mensal de emprego do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) com a FGV.

Para o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, "a expressiva abertura de 314 mil novos postos de trabalho de janeiro a outubro comprova o crescimento robusto da construção em 2011".

Brasil – Ao final de outubro, a construção brasileira empregava 3.144.102 trabalhadores com carteira. Destes, 1.602.446 estavam no Sudeste; 661.513 no Nordeste; 438.696 no Sul; 248.079 no Centro-Oeste e 193.368 no Norte.

Em outubro, o emprego na construção cresceu em relação a setembro em todas as regiões: Norte (+1,66%), Nordeste (+0,66%), Sudeste (+0,35%), Sul (+0,62%) e Centro-Oeste (+0,14%).

A região do Brasil que mais trabalhadores contratou na construção em outubro foi a Sudeste, com 5,5 mil novos postos de trabalho. Em termos proporcionais, a região que mais contratou no mês foi a Norte (+1,66%), com 3,1 mil novos postos de trabalho.

São Paulo - No Estado de São Paulo, a construção criou mais 2,9 mil trabalhadores, elevando o contingente empregado a 809 mil trabalhadores com carteira assinada, também um recorde. Em 2011, foram contratados mais 62.003 (+8,29%) e nos últimos 12 meses mais 50.477 (+6,65%) no Estado.

Na capital paulista, foram contratados mais 690 (+0,18%). Com isso, o número dos empregados aumentou para 374,9 mil, igualmente um recorde. No ano foram criados 30,7 mil postos de trabalho (+8,92%). Dentre as nove regiões do Interior, sete tiveram aumento do emprego.

Fonte: Sinduscon – SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: