Emprego na construção recua 3,02% em dezembro, diz sindicato

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Foi registrado o fechamento de 101,7 mil vagas no país no mês

05 de fevereiro de 2013 - O nível de emprego na construção civil brasileira recuou 3,02% em dezembro de 2012 na comparação com novembro, com o fechamento de 101,7 mil vagas no país, aponta nesta terça-feira (5) o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV). A retração é superior à registrada em dezembro de 2011, quando foram fechadas 83,9 mil vagas, um recuo de 2,58%.

No acumulado de 2012, contudo, o número de trabalhadores empregados no setor cresceu 3,02%, a construção brasileira empregava no final de dezembro 3,270 milhões de trabalhadores com carteira assinada (cerca de 1,651 milhão estavam no Sudeste, 700 mil no Nordeste; 460,2 mil no Sul; 255,2 mil no Centro-Oeste e 202,8 mil no Norte).

Durante o ano, foram criados 95,7 mil postos, alta de 6% sobre 2011. O número de postos de trabalho em infraestrutura subiu 7,7% e no segmento imobiliário, 3%.

O fechamento de postos de trabalho em dezembro em nível maior do que o verificado sazonalmente em finais de ano reforça a necessidade de adoção de medidas para a recuperação dos investimentos, avalia o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, em nota.

Em dezembro, o emprego na construção registrou queda em todas as regiões do país em relação a novembro.

Fonte: G1