Emprego na indústria cai 1,1% em 2013, segundo IBGE

Texto: Redação PE

O emprego na indústria brasileira caiu 0,3% em dezembro na comparação com novembro, e encerrou 2013 com queda acumulada de 1,1%, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (11). A queda foi ligeiramente menor que a registrada em 2012, que tinha sido de 1,4%.

Queda em 11 de 14 locais; pior desempenho no Nordeste

No acumulado do ano, 11 dos 14 locais pesquisados apresentaram queda no emprego na indústria, e 11 dos 18 setores investigados recuaram.

O Nordeste (-4,5%) teve o principal impacto negativo, seguido por São Paulo (-0,9%), Rio Grande do Sul (-2,2%), Pernambuco (-6,4%) e Bahia (-5,6%). Já Santa Catarina (0,9%) teve o melhor resultado.

Por setores da indústria, as contribuições negativas mais relevantes vieram de calçados e couro (-5,3%), outros produtos da indústria de transformação (-4,1%), máquinas e equipamentos (-2,3%), vestuário (-2,7%), produtos têxteis (-3,6%), produtos de metal (-2,5%) e máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (-2,8%).

Os principais resultados positivos vieram de alimentos e bebidas (1,2%), e borracha e plástico (3%).

Dezembro

Em dezembro, o emprego industrial teve queda de 1,7%, na comparação com dezembro do ano anterior. Este foi o 27º resultado negativo seguido neste tipo de comparação, e o mais intenso desde setembro de 2012 (-1,9%).

O contingente de trabalhadores diminuiu em 12 de 14 locais pesquisados. Os principais impactos negativos vieram de São Paulo (-2,4%) e região Nordeste (-3,1%).

O emprego também caiu no Rio Grande do Sul (-1,9%), Paraná, (-2,0%), Minas Gerais (-1,5%), Bahia (-4,0%) e Pernambuco (-4,1%).

Por outro lado, as regiões Norte e Centro-Oeste (1,6%) e Santa Catarina (0,4%) tiveram resultados positivos no emprego industrial em dezembro.

Fonte: Reuters