Entulho de obras já representa 1/3 dos resíduos coletados

Texto: Redação AECweb

O bom momento da construção civil no país está causando um efeito colateral indesejado: o aumento da geração de entulho

22 de setembro de 2010 - Levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) indica que foram coletados, em 2009, 28,8 milhões de resíduos de construção e demolição - um aumento de 14% em relação a 2008. No mesmo período, a geração de lixo doméstico cresceu 8%.

Na prática, porém, o problema é maior, já que não é obrigação dos governos municipais recolher esse tipo de entulho. "Os dados são referentes ao volume de entulho que é coletado pelas prefeituras. A geração desses resíduos certamente é muito maior", diz Carlos Silva Filho, diretor executivo da Abrelpe.

O tema preocupa, pois grande parte desse entulho acaba sendo descartado de forma inadequada no ambiente, em terrenos baldios e rios. De acordo com Silva Filho, uma das soluções possíveis é a reciclagem desses resíduos, que ainda caminha de forma incipiente no País. "É possível reutilizar esse entulho nas próprias construções."

Fonte: O Estado de S. Paulo - SP