Estádios da Copa do Mundo estão 90% prontos

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Estágio das obras é bastante avançado

18 de outubro de 2013 - O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, informou nesta semana que, entre as 12 cidades-sede da Copa da Mundo de 2014, seis não concluíram as obras dos seus estádios: Cuiabá, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Natal e São Paulo. Porém, o estágio das obras é bastante avançado. “Todas têm em torno de 90% das obras concluídas. Então, isso nos dá a segurança de que vamos cumprir o prazo. Todas garantem entregar até dezembro”, disse.

O ministro rebateu críticas sobre atrasos na entrega de infraestrutura, como transporte, em municípios que vão sediar a competição. Ele citou a Copa das Confederações, que, mesmo com as manifestações, nenhum jogo não atrasou. “Em um país com as dimensões do Brasil, nós vamos ter problemas. Uma coisa ou outra pode atrasar, mas nós vamos fazer a Copa e a Olimpíada”, declarou.

Aldo Rebelo participou, na manhã de hoje, do anúncio da liberação de dinheiro para a instalação de um Centro de Iniciação ao Esporte na cidade de Mauá, Grande São Paulo. O centro, cujo investimento exigirá de R$ 2 a R$ 3 milhões, terá quadra oficial e áreas para a prática de ginástica, judô, esgrima, boxe, entre outros esportes. O equipamento terá capacidade de atender a 3 mil pessoas por semana, entre crianças e adultos.

Nos próximos dois anos, o ministério pretende entregar 250 centros. Segundo o ministro, os complexos são voltados tanto para a iniciação em esportes de alto rendimento, quanto para lazer, inclusão social, uso educacional e atividades para a terceira idade. O critério de escolha das cidades que receberão os centros leva em conta o índice de carência, o atendimento à população de baixa renda, o Índice de Desenvolvimento Humano, além de ser preciso que o município faça parte de uma região metropolitana.

Fonte: DCI