Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Estados e municípios terão crédito para obras de mobilidade urbana da Copa

Texto: Redação AECweb

Linha é operada pela Caixa, mas tem recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

02 de julho de 2012 - Os estados, municípios e o Distrito Federal poderão usar uma linha de crédito de R$ 4 bilhões para financiar contrapartidas de obras de mobilidade urbana relativas à Copa do Mundo de 2014. O Conselho Monetário Nacional (CMN) incluiu esses empreendimentos na lista de itens que podem ser financiados. Criada em maio de 2010, a linha é operada pela Caixa, mas tem recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e até agora financiava as contrapartidas apenas das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida. Desse total, R$ 1,5 bilhão chegaram a ser contratados pelos estados e municípios.

A linha não financia as obras, mas as contrapartidas que estados e municípios são obrigados a fazer, como obras auxiliares de saneamento, infraestrutura e adequações urbanas relacionadas aos empreendimentos. Os financiamentos têm prazo de dez anos e juros equivalentes à Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 2,1% ao ano, nos empréstimos com garantia da União, e mais 3,4% ao ano nos financiamentos sem garantia.

O CMN também autorizou que o Banco do Brasil (BB) passe a operar a linha de crédito. A resolução permite que a instituição ofereça financiamentos para as contrapartidas do PAC e das obras de mobilidade urbana. No entanto, a chefe adjunta da Assessoria Econômica do Tesouro Nacional, Viviane Silva, disse que o BB pretende operar apenas nas obras associadas ao Programa Minha Casa, Minha Vida. Os recursos para a linha do banco terão origem no Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Sorteio


O sorteio da Copa do Mundo de 2014 será na Costa do Sauípe, na Bahia, anunciaram a Fifa e o comitê organizador local (COL) do torneio nesta quinta-feira. O sorteio dos grupos da Copa do Mundo, que vai dividir os 32 times classificados para a competição, acontece tradicionalmente em dezembro do ano anterior à Copa do Mundo, depois que todas as eliminatórias estiverem concluídas.

São Paulo vai receber em dezembro deste ano o sorteio da Copa das Confederações, torneio preparatório que acontece um ano antes do Mundial.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, esteve em Brasília ontem, ao final de uma visita de três dias ao Brasil para verificar os preparativos para a Copa. Além da capital federal, ele esteve também em Recife e Natal. Foi o primeiro encontro entre a Fifa, o comitê organizador e o governo desde 8 de maio, quando eles acertaram que fariam atualizações conjuntas constantes sobre o andamento dos trabalhos.

"Tenho certeza de que esta ação conjunta vai nos ajudar a encontrar todas as soluções necessárias para que possamos agir com precisão e rapidez", declarou Valcke, que já fez duras críticas à preparação brasileira, chegando a dizer, em março, que o país precisava de um "chute no traseiro" para acelerar os trabalhos.

Fonte: Brasil Econômico

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: