Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Este ano, mercado de imóveis com um quarto continuará aquecido

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

De acordo com o Secovi-SP, segmento vai permanecer estável

20 de fevereiro de 2014 - Depois de um crescimento significativo em 2013, o mercado de apartamentos compactos com um dormitório deve continuar aquecido em São Paulo neste ano, na avaliação de executivos do setor.

"Há uma tendência de que esse segmento se mantenha [perto do nível do ano passado]", afirma Claudio Bernardes, presidente do Secovi-SP (sindicato do setor). Em 2013, o lançamento e a comercialização de apartamentos com um quarto dobraram em relação a 2012.

Além da entrada de novos compradores, a demanda também é puxada por investidores interessados no espaço para locação. "O fato de ter escasseado os lançamentos de salas para escritórios, que antes eram um foco maior dos investido res, colaborou para o crescimento", diz Bernardes. Mudanças no Plano Diretor, que está em discussão na Câmara, poderão impulsionar ainda mais o segmento.

Uma delas é a liberação de prédios sem garagem em eixos perto de corredores de ônibus e estações de metrô. "Há demanda para isso. Em empreendimentos que têm metrô perto ou que estão em bairros de uso misto, muitos moradores já não utilizam carros", diz Rafael Rossi, dono da incorporadora Huma e um dos herdeiros da Rossi.

A retirada das garagens poderá baratear o custo dos imóveis menores, afirma ele. Em março, a Huma vai lançar um edifício com apartamentos compactos no Itaim Bibi, com 123 unidades. Será o segundo projeto do gênero.

Fonte: Folha de São Paulo

 

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: