Este mês, Secovi-SP elege nova diretoria

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

É oportuna a continuidade da gestão em função dos temas atualmente em discussão

14 de novembro de 2013 - No próximo dia 25/11, das 9 às 18 horas, os associados do Secovi-SP elegem a sua nova diretoria (biênio 2014-2016). A chapa única candidata é encabeçada por Claudio Bernardes, atual presidente e reitor da Universidade Secovi.

Conforme Bernardes, além de a única chapa reafirmar a harmonia no processo de condução da entidade, é oportuna a continuidade da gestão em função dos temas atualmente em discussão. “Na capital paulista, estamos trabalhando no Plano Diretor Estratégico, levando subsídios técnicos para que o mercado possa atuar e que a cidade se desenvolva com mais inteligência, mobilidade e sustentabilidade”, afirma, adicionando que processo similar ocorre em várias localidades do Estado de São Paulo.

Outra questão é simplificar e informatizar os procedimentos para a aprovação de projetos imobiliários, cujo atual modelo precisa ser refeito para evitar ações discricionárias pela fiscalização e problemas como os hoje investigados pelo Ministério Público.

“Há anos levamos às sucessivas administrações municipais sugestões de aprimoramento. Agora, com a crise, confiamos que teremos a oportunidade de efetivamente mudar o modelo, de forma que todos os procedimentos sejam claros e objetivos, feitos com transparência e acompanhados por empreendedores, governantes e cidadãos. A informatização é o caminho, e já estamos trabalhando com a nova Secretaria de Licenciamentos nessa direção.”

Uma série de importantes ações para que o setor, em todos os seus segmentos, se desenvolva em bases consistentes também está em andamento. “Estamos empenhados em projetos dirigidos aos condomínios, ao desenvolvimento do Interior e às áreas de locação e comercialização de imóveis, incorporação, loteamentos, hotelaria e turismo, tecnologia, habitação de interesse social, sustentabilidade e tantas outras que determinam as condições de vida das pessoas”, completa, enfatizando, ainda, o empenho da entidade na transmissão de conhecimentos, formação profissional e responsabilidade social. “Confiamos que nossos associados, por meio do voto, mais uma vez legitimem essa nossa atuação em defesa da indústria imobiliária”, finaliza Bernardes.

De acordo com a CLT, o voto é obrigatório para todos os associados, que devem estar filiados ao Sindicato pelo menos seis meses antes do dia da eleição e em dia com suas contribuições. Embora o voto possa ser efetuado por credenciamento ou por correspondência, a expectativa dos candidatos é que muitos associados compareçam ao Sindicato, pois a eleição é um congraçamento, onde os empresários, principalmente na hora do almoço, aproveitam para se reencontrar e trocar ideias.

Candidatos à Diretoria Executiva

Claudio Bernardes, Ingaí Incorporadora S/A; Alberto Du Plessis Filho, DP Engenharia e Empreendimentos; Basilio Jafet, Jafet S/A; Carlos Borges, Construtora Tarjab; Caio Calfat, Caio Calfat Consultoria e Participações; Caio Portugal, GP & Associados; Ciro Scopel, Scopel Empreendimentos e Obras S/A; Emilio Kallas, Kallas Engenharia; Flavio Amary, Renato Amary Empreendimentos Imobiliários; Flávio Prando, Nova Investimentos Imobiliários; Guilherme de Lucca, Predial de Lucca; Hubert Gebara, Hubert Imóveis e Administração; Marcos Bulle Lopes, LPS Brasil Consultoria de Imóveis S/A; Ricardo Yazbek, R. Yazbek Participações e Empreendimentos Ltda.; Walter Cardoso, CB Richard Ellis.

Fonte: Secovi - SP