Fecomercio diz que Cartão Reforma injetará R$ 87,3 mi na economia

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Valor se refere à primeira etapa do programa, que subsidia a compra de materiais de construção para famílias de baixa renda. Volume representa 0,8% do faturamento do setor


A perspectiva é que o setor tenha lucro de R$ 11 bilhões por mês (crédito: Sergey Ryzhov/shutterstock)

15/01/2018 | 17:27Uma estimativa feita pela FecomercioSP em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção (Sincomavi) revelou que a primeira fase do programa Cartão Reforma irá injetar cerca de R$ 87,3 milhões no comércio de materiais de construção.

Mesmo que os recursos liberados sejam poucos significativos, as entidades acreditam que eles são importantes em um momento de recuperação do setor, em especial para micro e pequenas empresas. No faturamento mensal de R$ 11 bilhões do setor, o valor deve representar 0,8 %.

O subsídio é utilizado para que famílias de baixa renda comprem materiais de construção para reformar e ampliar seus imóveis.

Quer saber mais sobre vendas de materiais de construção? Acesse:

Vendas de materiais de construção podem subir 8,5% em 2018