Fevereiro fecha com 1.836 ações locatícias

Texto: Redação AECweb

Em relação a fevereiro do ano passado a alta atingiu modestos 2,06%.

07 de abril de 2011 - O volume de ações locatícias registrou crescimento de 57,5% em fevereiro na Capital, em comparação com janeiro, de acordo com levantamento efetuado pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP) em 13 fóruns regionais da cidade de São Paulo. Foram ajuizadas 1.836 ações, contra as 1.166 de janeiro. “Esse crescimento foi motivado especialmente pelo baixo número de processos relativos a locação apurados no primeiro mês do ano”, afirma Jaques Bushatsky, diretor de Legislação do Inquilinato do Secovi-SP. Tanto que, em relação a fevereiro do ano passado, mês em que foram contabilizadas 1.799 ações, a alta atingiu modestos 2,06%.

A falta de pagamento continua originando o maior número de processos. Em fevereiro, com 1.471 ocorrências, respondeu por 80,1% de todas as ações locatícias. As ações ordinárias ficaram com o segundo posto, com 15,3% de participação (280 ações), seguidas pelas renovatórias, com 3,7% (68 casos), e as consignatórias, com 1% (17 ações).

No acumulado do primeiro bimestre de 2011, foram registradas 3.002 ações nos fóruns paulistanos analisados, desempenho levemente inferior ao de igual período do ano passado (3.030 ações). Também aqui a falta de pagamento liderou o levantamento, com uma participação de 79,4%.

Fonte: Investimentos e Notícias